Equipe – Saber Ser

Mais evoluída do que o agrupamento e o grupo, a equipe é um grupo de trabalho cujos membros sabem interagir de forma assertiva e produtiva, somando seus talentos individuais e lidando de forma positiva com suas diferenças, atingindo assim um alto nível de desempenho. E ainda são inúmeras as empresas que denominam Equipe seu grupo ou agrupamento de colaboradores internos. São inúmeros talentos e oportunidades perdidos por conta disso.

Não é tarefa fácil desenvolver Equipes, pois isto envolve o processo de aprendizagem – é preciso aprender para “saber ser”. Mas toda empresa que investe neste processo colhe excelentes resultados.

Cabe então a todos – profissionais, líderes e empresa - terem certas atitudes que são requisitos básicos para que o desenvolvimento de uma Equipe seja efetivo. O profissional deve ter ampla predisposição para a colaboração, para a integração com os demais, para lidar com as diferenças pessoais positivamente, para estabelecer relações de confiança e para o processo de desenvolvimento contínuo. Ao líder cabem grandes desafios, ele deve ser altamente capacitado em relação a certos conhecimentos, habilidades e atitudes, sem os quais dificilmente alcançará resultados verdadeiramente produtivos junto à sua equipe. Antes de mais nada o líder deve gostar e saber lidar com pessoas – conhecer, respeitar, envolver e motivar - ser um comunicador competente, saber estabelecer relações de confiança, ter um canal de comunicação aberto e bilateral – ouvir seus colaboradores, sempre! - , jamais fragmentar informações desnecessariamente apenas para se “manter no controle”, jamais estimular a competitividade, ensinar sua equipe a lidar com os erros e sempre reconhecer os acertos de seus colaboradores, enfim, cabe ao líder um alto nível de capacidade para gerenciar e liderar seres humanos.

E para isto ele deve possuir uma garnde dose de predisposição para aprender para saber ser. Deve haver uma grande disposição para aprender sempre – melhoria contínua. E um dos maiores cuidados que o líder deve ter é não deixar que os sucessos do passado criem certos paradigmas que possam bloquear seu processo de desenvolvimento, que deve ser contínuo, pois só assim se manterá como líder nos novos tempos. E finalmente cabe à empresa proporcionar as condições necessárias para que estas atitudes se estabeleçam e se desenvolvam. A missão, as diretrizes, a estrutura organizacional, a meneira como são organizadas as funções e a cultura da empresa são determinantes para que se crie um ambiente favorável ou desfavorável para o desenvolvimento de equipes. Isto significa que devem ser conhecidos e compartilhados por todos a missão, os objetivos e as metas da empresa, deve haver coerência entre o discurso e as práticas da empresa para que se estabeleça uma relação de confiança, envolvimento e comprometimento, a empresa deve se comportar com transparência e assertividade, além de promover lideranças participativas para que realmente possa desenvolver equipes produtivas.

É trabalhoso, sem sombra de dúvida, pois desenvolver equipes envolve habilidade para lidar com o complexo sistema do comportamento humano, mas sem isto dificilmente os resultados tão desejados são atingidos. Portanto, não há muito o que esperar, mas há muito o que aprender.


Renata de Toledo Sierra
Pedagoga - consultora de Treinamento e Desenvolvimento
rsierra@terra.com.br