Empregos Guia RH

SETE SUGESTÕES PARA ERGOMANÍACOS DESESPERADOS

Fernando Henrique da Silveira Neto

Consultor do  INSTITUTO MVC

Ergo vem do grego érgon. Significa trabalho, e o dicionário do Aurélio define o maníaco como o indivíduo obstinado, teimoso, obcecado por alguma coisa. Assim, o ergomaníaco é o indivíduo obcecado, viciado em trabalho. Workaholic em inglês. Vamos conhecê-los?
Cena 1:
Reportagem principal de uma grande revista quinzenal de Administração e Negócios. Na capa, o presidente de uma megaempresa sentado na cozinha de sua casa tomando o café da manhã. No caso, breakfast, e de executivo bem remunerado, com sucos, geléias, ovos e louça fina. Sorridente, num terno elegante, ele toma uma xícara de chá e se prepara para enfrentar uma jornada, segundo o texto, de 14 horas diárias de trabalho. No corpo da reportagem, uma foto dele beijando duas crianças com mochilas escolares e uma legenda para explicar que a cena era de seus filhos chegando do colégio.Agora me explique:
O relógio que aparece ao fundo da foto na cozinha marca 6h15min.Terminado o café, ele deve sair. Como trabalha no centro financeiro de São Paulo e certamente não mora no Brás, mas nos Jardins ou no Morumbi, chega no escritório entre 7h e 8h. Somando-se as 14 horas de trabalho diário obtêm-se 21ou 22horas. Claro, considerando-se que ele come só um sanduíche rápido no almoço. Como o trânsito é melhor à noite, ele chega em casa entre 22h30min e 23h. Ué, seus filhos estudam numa escola noturna e chegam em casa depois dele todos os dias?
Verdade:
A foto deve ter sido tirada num domingo, pois ele nunca vê seus filhos saírem nem chegarem do colégio, que deve ser dos melhores da cidade, e funciona de manhã ou à tarde. Pode ser também uma fotomontagem. Ou então eu não sei aritmética.
Cena 2:
Programa de entrevistas de uma apresentadora de televisão, exuberante, exagerada, que consegue levar de strippers a ministros (às vezes, sentados no mesmo sofá). Ao perguntar sobre os hábitos de trabalho de seu marido, a mulher de um grande industrial confessa que mora, sim, numa casa excelente, mas que há 10 anos ele não arranja tempo para entrar na piscina, nem usar a sauna, nem os aparelhos de ginástica. Importados, é claro. Sai cedo de casa, chega tarde todos os dias, incluindo os sábados, e aos domingos não quer exibir sua forma física para os amigos dos filhos. Eta felicidade!
O que existe de comum nesses dois casos reais? Pessoas ditas bem-sucedidas que todos imaginam viver bem e ter qualidade de vida, viajar por lazer, ter dezenas de outros interesses e desfrutar do muito que têm. Nada disso. Como disse Domenico De Masi, não têm tempo para si próprios, para a família e muito menos para os amigos. São escravos do trabalho. São ergomaníacos. O ergomaníaco toma um porre todos os dias. De trabalho. E muitas vezes se torna um chato e muitos o evitam. Você quer falar de cinema ou música e ele quer falar de trabalho. Você quer falar de esportes ou política, ele quer falar de trabalho. Você quer falar de qualquer outra coisa e ele quer falar de trabalho.
Você não quer falar nada e ainda assim ele quer falar de trabalho! Já viu bêbado mais inconveniente?
Como curar esse mal? Como voltar a ser uma pessoa normal, que usa a piscina de casa, que arranja aqueles 40 minutos para caminhar pela manhã, como o cardiologista recomendou, que convive com seus filhos enquanto estão crescendo (depois é tarde..), que consegue ir ao cinema, ler, sair de vez em quando para jantar com a mulher e os filhos, que sabe falar de outra coisa que não seja trabalho? E que, quando fala de trabalho, o faz com correção e sem monopolizar ou chatear a todos?
Sugestões que só vão doer no início (ou nem isso):

Agora, se nada disso funcionar ou sua recaída após diversas tentativas for daquelas sem volta, arrisco-me a aconselhá-lo a procurar um psiquiatra, que saberá cuidar melhor dessa sua fraqueza. Ou, então, direta e simplesmente falando: meu querido, você merece!

OBS.: Material retirado dos Programas Eficácia Pessoal e Planejamento, Organização do Trabalho como Diferenciais Competitivos. www.institutomvc.com.br