APRENDIZADO COMBINADO (BLENDED E-LEARNING):
PORQUE A MÁGICA ESTÁ NO MIX!!!

MARCELO FERNANDES

SÓCIO DIRETOR DA MENTOR TECNOLOGIA

 

Recentes pesquisas sobre a utilização da aprendizagem mediada por tecnologia (e-learning) vêm demonstrando que a utilização combinada das várias técnicas instrucionais disponíveis é o caminho para uma maior eficiência e eficácia da aprendizagem corporativa.

Podemos citar um recente estudo da Amy Finn, publicada no "Learning Circuits" da ASTD – American Society for Training and Development (http://www.learningcircuits.org/2002/nov2002/finn.htm) sobre as tendências para o e-Learning. Entre outras coisas ela menciona:

"...Um método único de entrega não é mais suficiente para lidar com treinamentos oferecidos em escala organizacional.

A construção de verdadeiros programas de aprendizado combinado move o ensino para uma nova era. O aprendizado combinado preserva as considerações necessárias de como as pessoas aprendem e oferece opções para o aprendizado e ainda pode produzir economias mensuráveis prometidas pelo e-Learning...."

A experiência da parceria MENTOR - MVC

Os programas de Competências Gerenciais desenvolvidos pelo MVC e pela MENTOR Tecnologia fazem uso extensivo desta "aprendizagem combinada".

Abertura Presencial - Cursos Auto-Conduzidos - Fechamento Presencial

                             Tutorial Remoto (via Internet)

A etapa da Abertura Presencial tem como objetivos:

A parte Auto-conduzida (self-learning) explora os conceitos cognitivos gerais dos cursos. Está estruturada da seguinte forma:

A Tutoria Remota acontece junto com a parte auto-instrutiva do curso, disponibilizando um espaço para esclarecimento de dúvidas em relação ao conteúdo, as questões administrativas e tecnológicas, bem como para estímulo permanente à continuidade do programa.

Acreditamos que o trabalho dos tutores pode se constituir no grande diferencial dos cursos mediados por tecnologia. O sistema de tutoria através da Web propicia apoio personalizado, adequando-o às necessidades do aluno. Nesse processo, a comunicação procura estabelecer a imagem de segurança e empatia, pois o aluno deve sentir que a distância não é pessoal e sim apenas física.

A etapa de Fechamento ocorre no formato presencial e tem por objetivo fazer a consolidação do curso, trabalhando dinâmicas e estratégias de caráter mais comportamental estabelecendo um comprometimento de cada um com a aplicação dos conhecimentos adquiridos.

Conclusão

Vivemos tempos de grandes mudanças e isto traz, inevitavelmente, vários caminhos e alternativas para implementação do treinamento na era digital. É encorajador perceber que estes caminhos freqüentemente convergem e se apóiam mutuamente. Por isso, os profissionais de ET&D (Educação Treinamento e Desenvolvimento) nunca tiveram um leque de alternativas tão grande para disseminar conhecimento rapidamente e com qualidade.

É essencial, no entanto, que se coloque os objetivos do desenvolvimento/capacitação acima da tecnologia e apliquemos a tecnologia para atingir nossas metas. A ênfase no uso da tecnologia deve fundamentar-se na compreensão das necessidades e competências a serem desenvolvidas, conscientização dos métodos para desenvolver e manter nos treinandos um interesse pelo aprendizado. Os "instrumentos" tecnológicos podem e devem ser utilizados como facilitadores e agilizadores neste processo de disseminação do conhecimento.

Enfim

"A aprendizagem deve ser uma exploração pessoal e social!
Não deve ser uma experiência passiva".

Voltar