TENHA UM ADVOGADO DO DIABO

ANTONIO CARLOS TEIXEIRA DA SILVA

Você precisa de soluções para resolver problema ou de meios para aproveitar uma boa oportunidade.

Já estudou o assunto, produziu alternativas, analisou as em detalhes e elegeu a que lhe pareceu melhor: muitos pontos positivos, poucos negativos e algumas inovações.

‘’Tudo pronto para colocar em prática’’, você pensa, já preparado para passar a próxima noite acordado, planejando com todo o entusiasmo as ações para concretizar sua idéia.

Calma. Essa é a hora de inclui no cronograma de trabalho um personagem, cada vez mais fundamental, para aumentar s chances de ser bem-sucedido na empreitada. Pergunte para empresários, artistas, escritores, até mesmo para políticos que alcançaram o reconhecimento. De cada dez deles contaram com ajuda de pelo menos essa pessoa para descobrir o caminho do sucesso: o Advogado do Diabo.

Não hesite em eleger um ou mais deles para colocar sua idéia à prova. Diferentes pessoas podem ajudar você a modificar e melhorar sua idéia. Ou até demonstrar que a idéia é evitar que você a modificar e melhorar sua idéia. Ou até demonstrar que a idéia é inviável e evitar que você perca tempo e dinheiro.

Quando você fala em um peixe, uma pessoa pode imaginá-lo enorme, do tamanho de um homem, enquanto outra pode visualizá-lo em um pequeno aquário. Se você só acredita na pessoa que vê o peixe grande ou na que vê o pequeno, poderá equivocar-se. Se ouve os dois, você pode considerar a possibilidade de o peixe ser grande ou pequeno. Por isso, é importante saber o que pensam- vale !!

O Advogado do Diabo deverá ser uma ou mais pessoas de sua confiança, que tenha mente aberta, criativa e conhecimento do assunto. Deve ter percepção, visão, um olho no objetivo e outro no problema.

As vantagens de se contar com o Advogado do Diabo são imensas. Com ele, você elimina idéias desprezíveis.

Identifica aspectos negativos de uma idéia viável, com o objetivo de que correções sejam feitas antes da avaliação final e da implementação. As idéias que sobreviverem ganharão ainda mais força de argumentação para que outras pessoas possam aderir à sua causa.

O Advogado do Diabo critica o mais fortemente possível, atacando cada ponto fraco. Se a idéia tem muitos, descarte-a.

É como uma escultura: você começa com um bloco de mármore e uma idéia. Outros podem sugerir que partes do bloco de mármore têm de ser cortadas ou ainda descobrir rachaduras.

Contate cada um dos Advogados do Diabo individualmente. Exponha a eles a sua idéia, por escrito. Ouça, anote, grave tudo o que eles dizem, sem julgar, sem interromper.

Provoque-os para falar. Explore pontos para melhorar a sua idéia. Se o Advogado do Diabo fizer objeções, pergunte a razão por que ele acha que não vai funcionar. Seja o mais específico possível.

Interrogue, questione até a exaustão.

Faça esse exercício em profundidade, com cada Advogado do diabo.

Não julgue nada e nenhum dos Advogados do Diabo até o seu último bate-papo. Somente após você ter dissecado, com a ajuda deles, a solução que você elegeu e ter se convencido de que está no caminho certo, comece a preparar o seu plano de ação. Minimize os riscos ao máximo. O importante é você pensar diferente para ter sucesso.

pense@pensediferente.com.br